Qual o significado das cabines ROPS e FOPS

Qual o significado das cabines ROPS e FOPS

5 de novembro de 2019 4 Por Bamaq Máquinas

As certificações de cabines ROPS e FOPS protegem a cabine das máquinas contra danos causados por capotamento, quedas de materiais e outros imprevistos.

Quando um fabricante projeta a cabine de uma máquina, o principal objetivo é a segurança do operador e em seguida seu conforto. 

Para garantir a segurança de cada máquina ou equipamento para construção, mineração, demolição, terraplenagem, ou seja, qual for o segmento, tem que ter uma cabine apropriada de acordo com o tipo de trabalho e de máquina, assim como seu peso e as condições do local onde será empregada.

Cabines ROPS e FOPS – Diferenças nos modelos

Cabine ROPS – o que é?

ROPS é a abreviação do termo inglês Roll Over Protective Structure que significa Estrutura Protetora Contra Capotamento. 

O principal objetivo destas estruturas é fornecer uma proteção ao operador adicional em caso de capotamento da máquina. 

Se o mesmo estiver fixo em seu assento através do cinto de segurança, os traumas decorrentes de um capotamento serão nulos ou mínimos

Embora as normas não especifiquem exatamente quais itens devem ser reforçados no equipamento – como membros estruturais, subestrutura, suporte, soquete, parafusos, pinos, suspensão ou outros –, ela determina o que cada um dos níveis deve suportar. 

As máquinas da New Holland Construction oferecem essa proteção como item de série na linha de equipamentos.

Cabines FOPS – o que é?

FOPS também é uma abreviação de um termo em inglês, desta vez, Falling Objects Protective Structure que significa Estrutura com Proteção contra Queda de Objetos. 

Esta designação garante a proteção do operador em caso de queda de objetos, como pedras, galhos e troncos. Existem dois níveis de certificação FOPS:

  • Nível I, que suporta um objeto de 46 quilos caindo de uma altura de 3 metros
  • Nível II, que suporta 227 quilos em queda de 5,2 metros de altura.

As cabines FOPS também podem receber a classificação FOG (Falling Object Guard), ou seja, possuir Grade de Proteção contra Quedas de Objetos.

As certificações para cabinas ainda não são obrigatórias, mas algumas já estão entre os itens de série em vários equipamentos de nossa empresa.

Outras Classificações de cabines para máquinas

Há outras classificações para a estrutura de segurança de cabines, como a OPS (Operator Protective Structure), que protege o operador da inalação de partículas suspensas durante trabalhos expostos a essas condições, e o COPS (Cabin Operator Protective Structure), um conjunto de diferentes tipos de proteção estrutural de cabine, com o objetivo de garantir a integridade física do operador.

cabines rops e fops

Segurança Complementar

Outros itens de segurança como pressurização, sinalização, ajustes de assentos, joysticks, luzes sinalizadoras, cinto de três pontos e grades de proteção frontal e lateral, valorizam a segurança do operador e a ergonomia.

Muito mais importante do que qualquer nível de produção ou lucratividade é a vida e bem-estar do operador. 

Dê preferência às cabines com boa visibilidade, conforto e principalmente que atendam às normas de segurança internacionais (ISO) classificadas como ROPS, FOPS e tantas outras de acordo com a sua necessidade.

Segurança na operação de pás carregadeiras

Quer mais exemplos sobre segurança na operação de máquinas e equipamentos? Confira um breve resumo de nosso artigo sobre segurança na operação de pás carregadeiras:

  • É importante ajustar o assento e o apoio de braço antes de dar partida no equipamento, possibilitando ao profissional acessar pedais e alavancas facilmente até o final do curso. 
  • Antes de ligar a máquina, verifique se os comandos hidráulicos e da transmissão estão em posição neutra e o freio de estacionamento aplicado. 
  • Não se esqueça de ajustar o cinto de segurança.
  • A pá carregadeira nunca deve entrar em movimento com o braço frontal totalmente elevado, essa regra é especialmente importante quando a máquina está com carga. 
  • Além disso, para colocar sua pá carregadeira em movimento, você deve conferir se ela se encontra em uma superfície livre de obstáculos, como: valas, fios de rede elétrica, barrancos, etc. 
  • Observe se a pá está trabalhando dentro do seu limite de carga enquanto movimenta materiais. Caso contrário, o equipamento pode ser danificado ou, pior, pode ser que aconteça um acidente de trabalho por excesso de carga. 
  • O operador deve olhar para trás sempre que for acionada a marcha ré.  

NR 12 e segurança na operação de máquinas

Outro aspecto importante na segurança de máquinas é a conformidade com as normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho, em especial aquelas que tratam da construção civil e do trabalho com máquinas. 

A NR 12, por exemplo, é a norma regulamentadora que trata de máquinas e equipamentos pesados, estabelecendo padrões de qualidade e conformidade que devem ser seguidos pelas empresas ao criar um ambiente de trabalho seguro e pelos operadores durante a rotina de utilização das máquinas.

Alguns dos aspectos que merecem atenção especial na NR 12 são:

  • Dispositivos de partida, acionamento e parada;
  • Sistemas de segurança;
  • Sinalização;
  • Procedimentos de trabalho e segurança;
  • Capacitação de operadores;
  • Utilização de EPIs.

O descumprimento das normas de trabalho acarretará em multa caso vistorias no espaço de trabalho apontem irregularidades. Por isso, é importante que tanto os gestores quanto os operadores estejam atentos nessas situações. 

Gostou das dicas? Então fale com um de nossos consultores e entenda melhor os benefícios dos nossos equipamentos!